Publicado em Histórias Do Milagre

Milagre – Parte 10 “Hospital Público Veterinário Tatuapé”

hospital-veterinario2

Assim que tive a minha primeira folga em dia de semana, o levei até o Hospital Público Veterinário do Tatuapé!

Como funciona o atendimento lá:

(Bom para você que planeja e precisa levar o seu animalzinho também)

Para ser atendido, você precisa ir de madrugada, ficar em uma “fila de senhas” e quando for 7h00 começarão a distribuir 80 senhas, para que você, possa levar o seu cão ou gato no dia seguinte. Mas também há os atendimentos emergenciais, onde eles atendem de imediato, mas para que possam dar continuidade no tratamento, precisará dessa senha de qualquer forma. Mais um detalhe importante: só atendem quem mora na cidade de São Paulo! E é imprescindível que você leve um comprovante de residência.

Quando resolvi levar o Milagre, tinha plena ciência da necessidade dessa senha, mas confiei que devido ao seu quadro médico o atenderiam no emergencial, pois no encaminhamento médico que eu possuía, dizia que ele tinha que fazer uma nova cirurgia o quanto antes.

Fui com minha mãe e meu tio de carro, e somente quando cheguei lá, que soube que só atendiam quem morava em São Paulo. Minha mãe descobriu antes de mim, enquanto conversava com uma outra mulher que também estava aguardando para ser atendida. E imediatamente já pensei em um plano B, teria que inventar alguma coisa, pois precisava que ele fosse atendido.

Quando a moça da recepção me chamou, menti que morava com meu namorado (o mesmo mora em São Paulo) e que apenas minha mãe morava em Guarulhos e veio me acompanhar (ela já tinha ouvido a história que alguém era de Guarulhos). A moça pareceu não engolir muito, mas deu continuidade para que fôssemos atendidos.

Quando chegou a nossa vez, fiquei muito desapontada quando a veterinária disse que eu precisaria da senha para que viessem a fazer outra cirurgia nele. Argumentei que o caso dele era urgente, mas ela disse que ali eles só o medicariam, que emergencial era considerado cachorros em quase óbito, e que ele estava “muito bem”.

A princípio ela também não me deu muito crédito quando viu que ele tinha sido atendido inicialmente em clínica particular e até disse ” porquê você não volta lá?” e só quando fui explicando para ela minha triste situação que ela foi me tratando mais humildemente, e ficou tão tocada com tudo que contei que até tirou foto dele, e me orientou a tentar ir no Hospital Público do Tucuruvi, pois lá por ser uma unidade mais nova, era mais vazio, e eu conseguiria a cota das senhas mais facilmente, enquanto no Tatuapé às quatro da manhã já tinham muitas pessoas na fila. 

hospital-veterinario-tatuape

Agora eu tinha mais dois desafios:

– Conseguir a senha;

– Conseguir ser atendida mesmo morando em Guarulhos.

Autor:

Graduada em Jornalismo, apaixonada por música, livros, filmes e séries. O espírito Jovem me domina & adoro uma Diversão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s