Publicado em Poetizando

Nascimento | Vida | Morte

Meu nascimento. Um momento mágico da minha vida e da vida de outras pessoas. Ahh, se pudéssemos nos lembrar de toda a nossa trajetória desde que nascemos. Nossos primeiros anos de vida, cruciais para o que nos tornamos depois. O que aconteceu na nossa história que não sabemos? O que foi esquecido pela nossa memória? Ao longo desses anos temos contato com tantas pessoas. Pessoas que não lembramos, pessoas que não sabemos, pessoas que ainda continuam conosco. Você já parou para refletir sobre tudo isso? Nesse dia, há x anos atrás, a sua mãe sentia muita dor, mas também muita felicidade. Outras vidas seriam mudadas a partir da sua.

E a sua infância? Imagine lembrar nitidamente de cada borrão dela? Quão bom seria reviver mentalmente cada detalhe apagado pelo subconsciente. Será que nos espantaríamos ou nos deslumbraríamos? Quem você foi? Quem você é? Quem você será? O que você lembra e conhece de si mesmo? Tem orgulho do que se tornou? 

Colegas, amigos, conhecidos, ninguém esteve continuamente tão presente nesses anos todos como a sua família. Uma parte dela irá te acompanhar até a metade da sua vida e a outra metade será preenchida por outras pessoas que virão a se tornar parte dela depois. Logo você presenciará o nascimento de seus filhos e outra vez o ciclo reiniciará. Pessoas morrem, pessoas nascem e o mundo ainda será o mesmo, mas com sutis alterações. Será que todos estão preparados para o dia em que não farão mais aniversário? Quem ainda estará com você quando chegar esse momento? 

Não seria incrível se pudéssemos assistir a um flashback completo e ininterrupto de toda a nossa vida no último instante dela? Como um último presente do universo. Até mesmo aquilo que não lembramos mais. Nossos traumas e conquistas juntos e interligados antes do último suspiro. 

Hoje completamos mais um dia, sem saber quando será o último. E ao passo que envelhecemos, fica cada vez mais estranho festejar essa data. Envelhecimento merece comemoração? Merece. É mais um registro de vida. As experiências e aprendizados adquiridos ao longo desse tempo, são responsáveis por nos tornar quem somos hoje, ainda que estejamos em constante mutação amanhã. Celebre a vida! Celebre as pessoas! Não sabemos quando será a nossa última vez nisso tudo.

Autor:

Graduada em Jornalismo, apaixonada por música, livros, filmes e séries. O espírito Jovem me domina & adoro uma Diversão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s