Publicado em Histórias Do Milagre

Milagre – Parte 16 “Epílogo”

 cao-3

Quando concordei com a eutanásia do Milagre, eu já estava esgotada. Esgotada de tanto sofrer, esgotada de tentar e sempre surgir novas complicações, esgotada emocionalmente. O que me doía mais, era ver que todo meu cuidado tinha sido em vão. Não me importava com o fato de que passaria um ano pagando seu tratamento, mesmo que ele não estivesse vivo para eu dizer “valeu a pena”, pois mesmo morto não me arrependo do que fiz, o que me doeu mais, foi ter que desistir, por ser incapaz de continuar cuidando dele. Ele precisaria de cuidados 24 horas e eu não podia contar com mais ninguém. Ninguém que dispusesse desse tempo, ou de boa vontade, não tinha como eu chegar em qualquer pessoa que fosse e dizer: “Olha, salvei um cachorro na rua que foi atropelado, pode cuidar pra mim, enquanto eu trabalho?!” Éramos só nós dois. E além de todos esses motivos, sua recuperação era incerta. Ele não estava tendo qualidade de vida, o pobrezinho vivia deitado todo o tempo, sem mal poder se mexer com uma pata a menos e duas desabilitadas.

Fui vencida pela dor. Pois vê-lo naquela situação me cortava o coração. Se eu soubesse daquela clínica desde o princípio, talvez pudesse ter sido diferente, afinal eles teriam feito todos exames e cirurgias a tempo, onde poderia ter passado menos sufoco nessa trajetória.

Fiquei com ele até fazerem todos os procedimentos, chorei e sofri demais, mas me convenci que era o melhor a fazer. Quando estava indo embora, as senhoras que me consolaram antes, me perguntaram dele e o que tinha acontecido, contei a elas entre lágrimas, e as questionei: “De que valeu isso tudo se ele não conseguiu ficar bom?” e uma delas me respondeu: “De que valeu? Você viu os olhinhos dele olhando pra você? Ele sabia que você fez o que podia por ele”.

Será mesmo? Será que ele sabia que mesmo o conhecendo há tão pouco tempo, eu o amava e queria demais que ele ficasse bom?? Será que ele sabia que eu sofria tanto quanto ele, vendo-o naquela situação?? Será que ele sabia que estava sendo bastante difícil para mim, ter que abrir mão de mantê-lo vivo, porquê eu não tinha os recursos necessários para salvá-lo?? Sei que ele era só um cachorro, mas mesmo assim quero acreditar que ele tinha esse entendimento, pois mesmo sabendo que sua história não teve um final feliz, procuro acreditar que sua passagem na minha vida não foi em vão.

o-avanco-da-tecnologia-e-seu-impacto-no-poder-da-musica

TRILHA SONORA

 Sum 41 – With You

Measure – Begin Again

Maroon 5 – My Heart Is Open

Autor:

Graduada em Jornalismo, apaixonada por música, livros, filmes e séries. O espírito Jovem me domina & adoro uma Diversão!

2 comentários em “Milagre – Parte 16 “Epílogo”

  1. Acabei de ler a historia completa do MILAGRE, acompanhei de longe esse sofrimento e passei por algo parecido com minha gata HANNY recentemente , no meu caso foi o mes de julho todo , que inclusive foram minhas ferias , no primeiro dia quando voltei a trabalhar , foi o dia que minha gata nao resitiu e morreu , também fiz o que pude , mas o que causou a morte foi a demora para descobrir o diagnóstico, pois só no final do mês que suspeitaram de hipertireoidismo,mas infelizmente nao deu tempo de fazer o ultimo exame que determinaria sua cura , ela faleceu , e nao me arrependo de nada , pois fiz tudo que podia , e acredito que você Carol fez ao mesmo, ate o momento de fazer ele dormir e descansar desse sofrimento , parabens pela sua história . Seja sempre assim persistente .

    Curtido por 1 pessoa

    1. Foi difícil para mim escrever essa história pois ter que relembrar tudo com maiores detalhes foi igual mexer em uma ferida cicratizada, mas ao mesmo tempo achei que seria libertador poder dividir.
      Obrigada Luana pela paciência em ler toda a história, nós que amamos os animais sabemos muito bem como é difícil quando os perdemos. Sinto muito pela sua gata, apesar de não conhecer a respeito dessa doença, imagino o quão sofrido deve ter sido sua luta também. Fique com a consciência tranquila pois por mais que não tenha conseguido salvá-la, toda a vida dela foi de muito amor graças a você e aos seus cuidados.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s