Publicado em Músicas

7 Músicas Legais que descobri em Maio

Sabe, eu sempre gostei muito de música, muito mesmo. Sou aquele tipo de pessoa que não consegue ficar um dia sequer sem ouvir pelo menos uma. Seja enquanto estou limpando a casa, tomando banho, quando tô andando pela rua ou indo trabalhar. Não saio de casa sem meu fone de ouvido. 🎧

Uma boa música não é só batida e voz. É também letra, mensagem e significado. E é muito louco quando você se depara com uma letra que você se identifica e tem aquela mesma impressão que o artista está dizendo aquilo para alguém da vida dele, da mesma forma que eu, por exemplo, desabafo com os meus textos.

Daí fiquei refletindo a respeito e tive a ideia de fazer uma coisa diferente aqui no blog. Ao invés de todo mês eu trazer uma listagem de músicas novas, também trarei o que eu mais estiver ouvindo naquele momento, independente de ser lançamentos ou não. É sempre bom relembrar músicas do passado também e não quero me prender à apenas músicas que nunca ouvi antes. Que tal? 😊

Bom… então vamos lá!

Sabe quando você descobre uma música muito foda e você ouve ela repetidas vezes por vários dias e não enjoa? Não sei se alguém aqui tem esse mesmo nível de loucura que eu, mas há quatro músicas que estou ouvindo sem parar ultimamente e começarei por elas:

1| Mother’s Daughter – Miley Cyrus

“Mother’s Daughter” está em segundo lugar na lista das músicas mais populares da Miley no Spotify. É faixa integrante do seu mais novo lançamento, o álbum: “SHE IS COMING”, trazendo todo o seu amadurecimento. Podemos observar uma Miley mais adulta, sexy, confiante e poderosa. Já estou na grande torcida para que essa música vire single e ganhe clipe! 🤞🏻

2| Nightmare – Halsey

Eu fiquei completamente de queixo caído quando ouvi e assisti ao videoclipe de Nightmare pela primeira vez. Que letra! Que batida! (Ela mesclou um pop rock nesse refrão, não foi?) Halsey me surpreendeu bastante. Desde “Bad At Love”, fazia tempo que uma música dela não me fazia deixar a função do repete ativada. O álbum novo ainda não saiu, mas por esse single de estreia já podemos ter um maravilhoso prelúdio do que está por vir. 😌

3| Started – Iggy Azalea

Iggy foi bastante ousada com a letra e principalmente com o videoclipe de Started. Temos aquela clássica história da moça jovem que casa com um velho rico/milionário, com o pé na cova, só para ficar com tudo que ele tem, depois que o mesmo morrer. Alguém aí teria coragem de fazer isso na vida real? Eu só me caso por amor, nem que seja com um pé rapado mesmo rs.

4| Bad Guy – Billie Eilish

Eu já havia postado sobre a Billie aqui no blog em abril e não queria ser repetitiva, mas estou tão viciada em “Bad Guy” e “Bury A Friend” que não poderia deixar de citar uma delas aqui nesse post também! 🤩 Vocês já repararam que a Billie de 2019 é a Avril Lavigne de 2004? Inclusive, a própria Billie já reconheceu que a Avril de antigamente é sua referência. A mesma rebeldia, porém no indie pop, ao invés de rock. Maravilhosa!!

5| Sunday Rain – Foo Fighters

E falando em rock, também fui apresentada a “Sunday Rain”, faixa integrante do último álbum da banda, lançado em 2017 (Concrete ad Gold). Uma curiosidade muito bacana dessa música é que quem está cantando não é o vocalista e sim o baterista, Taylor Hawkins!! E que voz sexy… fiquei até sem fôlego aqui! 🤤

6| Cut The Cord – Shinedown

Um outro rock dos bons que descobri em maio, foi a banda Shinedown. “Kill Your Conscience” e “Second Chance” também merecem ser ouvidas! 🎶

7| Desconstrução – Tiago Iorc

E para fechar esse post, que já está pra lá de longo, trago a primeira faixa do novo álbum, Reconstrução, do Tiago Iorc. Que letra é essa Brasil? A música nos desconcerta pela forma inteligente como Tiago aborda a insegurança com as redes sociais e a superficialidade de tudo que vivemos com essa era da modernidade. Eu já gostava dele desde que fui apresentada a canção “Alexandria” e com “Desconstrução” fiquei ainda mais encantada com o seu trabalho. 👏🏻👏🏻

Não é simplesmente música, é música com significado, mensagem, ou seja, tudo aquilo que mencionei no início desse post. E como se já não bastasse fazer uma música tão reflexiva, ele ainda fez um álbum todo conceitual, em que cada clipe é continuação um do outro, formando tudo uma grande história a ser contada, como se fosse um filme. Quais mais talentos este cara possui??

E é isso gente… comente se você já conhecia alguma e qual gostou mais! 😃

Beijão. 💋