Publicado em Seriados

Você

Título Original: You

Direção: Sera Gamble e Greg Berlanti

Ano: 2018

Nº de Episódios: 10

Categoria: Drama, Suspense, Romance

Joe (Penn Badgley – A Mentira) tem um crush por Beck (Elizabeth Lail – Once Upon a Time) no exato momento em que ela põe os pés na livraria que ele trabalha. Aparentemente Beck também pode ter se interessado por ele ou só estava sendo simpática. Mas, isso não importa, pois para Joe um pequeno flerte já é o suficiente e passa a investigá-la desde então.

Xeretar as redes sociais de outra pessoa, hoje é dia não quer dizer muita coisa, mas o fato dele descobrir onde ela mora e espioná-la de longe, invadir seu apartamento quando ela não está e furtar itens pessoais como calcinha e blusa, entre outras coisas que ele faz já no primeiro episódio, é mesmo muito insano. Atitudes que se pararmos para analisar, foram desnecessárias, pois basta eles se reencontrarem para percebermos que, deixando as coisas rolarem naturalmente, ele já teria chances com ela.

Apesar da série abordar relacionamento abusivo e psicopatia, acabamos criando uma certa empatia pelo protagonista, pois, além de sermos conduzidos pela sua perspectiva das coisas (com exceção do episódio 4 em que é mesclado a perspectiva de Beck também), Joe não é um monstro 24 horas. Na verdade, assim como qualquer ser humano, ele tem qualidades e defeitos e suas qualidades são notáveis. Com o tempo, chega até a ser decepcionante que um homem tão dedicado e romântico como ele, possa ter esse outro lado sombrio.

É interessante estudarmos como a pessoa psicopata pensa. Pois, Joe não vê as coisas que faz com maus olhos, de acordo com a educação que teve (que vamos descobrindo no decorrer da série), qualquer ato ruim pode ser justificável se for praticado por amor. Não tem aqueles românticos incorrigíveis que dizem: “Eu mataria e morreria por você?” Geralmente isso é dito como força de expressão, uma singela metáfora de que você faria tudo por aquela pessoa. Mas Joe segue isso ao pé da letra.

Eu recomendo a série por any motivos. Primeiro que é um tema super relevante, precisamos aprender a tomar cuidado com os “príncipes” que encontramos por aí. Segundo que a trama é envolvente, temos ótimas atuações, cenas fantásticas, mesclando um pouco de tudo, desde suspense, romance, até mesmo humor.

Sem contar o elenco. Além do Penn Badgley que nos conquistou desde o seu personagem em Gossip Girl, também temos Shay Mitchell, uma das protagonistas de Pretty Little Liars como Peach, melhor amiga de Beck. Então, aproveita que o fim de semana está aí, faz aquela sessão pipoca em casa e depois vem aqui me contar o que achou da série. Que tal? 😉

TRILHA SONORA

Maravilhosa a trilha sonora! Pena que não consegui encontrar duas músicas. 😥 Uma que toca no Episódio 4, quando Beck aparece de surpresa no apê de Joe e começam a se beijar; e outra do Episódio 8, quando ambos estão ajudando na mudança de Ethan. Se alguém aí descobrir me conta nos comentários depois??

As demais que gostei, foram:

EPISÓDIO 1

Nelson Can – “Break Down Your Wall” (Quando Joe avalia que Beck tem péssimo gosto para amigas)

Rob Simonsen – “Night Drive” (Quando Joe flagra Beck se masturbando)

EPISÓDIO 2

Lighspeed Champion – “He’s The Great Imposter” (No início do episódio, quando Joe amanhece feliz)

EPISÓDIO 3

LEISURE – “Got It Bad” (Quando Beck entra no carro de Joe)

EPISÓDIO 8

POWERS – “Heavy” (Após Joe procurar e não encontrar mais informações de Beck nas redes sociais)

Ben Alessi – “Lose It” (Quando se reencontram e transam várias vezes em dias alternados)

“É um sentimento horrível. Saber que as coisas deram errado e que não tem nada que você possa fazer para mudar.” Joe Goldberg (Episódio 7)