Publicado em Cinema

Confissões de Uma Adolescente Em Crise

Título Original: Confessions of a Teenage Drama Queen

Direção: Sara Sugarman

Ano: 2004

Categoria: Adolescente

Mary ou Lola, como ela gosta de ser chamada (Lindsay Lohan – Sexta-Feira Muito Louca), é uma adolescente que sonha em ser uma atriz famosa e vê seu sonho sendo sabotado, quando sua mãe se muda de Nova York para Nova Jersey. Iniciando aí o seu grande drama adolescente.

Mas não adianta ficar chateada com coisas que você não pode mudar. Vou encarar minha nova cidade como um palco vazio onde farei meu espetáculo. No fundo, sinto que uma lenda está para nascer. E, no caso, essa lenda sou eu. (Lola Steppe)

Em busca do sonho de ser uma atriz de sucesso, Lola se inscreve para o papel principal da peça de teatro da escola e acaba rivalizando com Carla (Megan Fox – Garota Infernal), aquela típica patricinha que sempre consegue o que quer e não aceita que alguém seja melhor do que ela.

Lola também é fã incondicional do Stu Wolff (Adam Garcia – A Última Noite de Solteiro), vocalista da banda Sidarthur e por conta disso faz amizade com Ella (Alison Pill – Meia Noite Em Paris), quando descobrem serem fãs da mesma banda. Ella é o total oposto de Lola (tímida, medrosa e sem iniciativa), mas ainda assim se tornam grandes amigas.

E se já não bastasse todos os seus dramas adolescentes, nada se compara ao drama principal, quando a banda Sidarthur anuncia seu fim e marcam um último show de despedida. As meninas se desesperam para poderem ir assisti-los, criando mil e uma possibilidades, mesmo quando tudo começa a dar errado.

Posso dizer que depois de Meninas Malvadas, Confissões de Uma Adolescente em Crise é meu segundo filme preferido da Lindsay Lohan! Não sei como ainda não tinha feito resenha dele aqui. O filme trás muitas mensagens importantes. A primeira é que não se deve mentir para que as outras pessoas te achem mais interessante, a segunda é que uma amizade verdadeira pode nos tornar pessoas melhores e o principal: Você nunca deve desistir dos seus sonhos! A trama é super engraçada, musical e muito alegre. É uma pena que não se fazem mais filmes adolescentes como antigamente.

Trilha Sonora

Como o filme é de 2004, não achei a trilha sonora tão interessante, a não ser pelo fato de que três músicas são da própria protagonista!! Então, trouxe apenas as que me agradaram:

Lindsay Lohan – That Girl (Música tema do filme)

Lindsay Lohan – A Day In The Life (Quando Lola e Ella estão andando de bicicleta)

Lindsay Lohan – What Are You Waiting For You (Música final)

Lumidee – Never Leave You (Quando Lola e Carla chegam juntas para ver o resultado da audição de teatro e depois quando Ella e Lola seguem o carro da Carla, no dia do show)

Rose Falcon – Up Up Up (Quando Lola e Ella estão procurando pela casa do Stu)

Simple Plan – Perfect (Quando Lola está na bad)

Não deixe de comentar as suas impressões do filme também! 😀

Publicado em Cinema

Operação Cupido

 operacao-cupido-capa

Título Original: The Parent  Trap

Ano: 1998

Categoria: Comédia

Nessa encantadora história da Disney, temos a estreia de Lindsay Lohan (Meninas Malvadas) interpretando Hallie e Annie que são gêmeas e não se conheciam. As duas se conhecem em um acampamento de férias e após muito aprontarem uma com a outra, começam a perceber que possuem muitas coisas em comum. O telespectador se emociona na cena em que elas se  dão conta que são irmãs gêmeas. Lindsay Lohan está fabulosa, desde pequena já era muito talentosa, e as caras e bocas que fez durante as atuações foram um grande diferencial para a sua personagem, pois em nenhum momento deixou de transparecer as emoções necessárias.

lindsay-lohan-operacao-cupido-gemeas

O mais legal é que passamos a gostar das duas meninas, mesmo sabendo que são uma só! Kkkkkk. E apesar de as gêmeas serem o ponto chave do filme, a história acontece em torno de seus pais, com elas, a todo custo, tentando fazer eles se reconciliarem e ficarem juntos novamente.

operacao-cupido-cena

Tudo começa a ficar mais engraçado ainda quando o pai delas decide se casar com uma mulher bem mais nova que ele. As gêmeas precisam colocar um bom plano em ação o mais rápido possível, antes que seja tarde demais! Um dos meus filmes preferidos desde a infância!

TRILHA SONORA

trilha-sonora-filmes

Nat ‘King’ Cole – L O V E (Música de abertura)

Bob Geldof – Happy Club  (Cena em que surge o acampamento)

Dusty Springfield – Am I The Same Girl (Todas as cenas em que Annie e o mordomo dão seu toque de mão)

Shonen Knife – Top Of The World (Cena em que mostra as crianças no acampamento)

 George Thorogood & The Destroyers – Bad To The Bone (Cena em que Hallie desafia Annie no Poker)

The Lovin’ Spoonful – Do You Believe In Magic (Cena em que uma está ensinando a outra como se comportar)

The La’s – There She Goes (Quando Hallie está indo viajar no lugar de Annie)

Bob Khaleel – Here Comes The Sun (Quando Hallie está no quarto da mãe, admirando suas coisas e depois passeando juntas na rua)

Jakaranda – Never Let You Go (Quando Hallie está com sua mãe na loja de vestidos)

 Joe Garland – In The Mood (Quando Hallie e a mãe estão viajando // Essa música inclusive fez parte da trilha sonora de novelas de época da Globo)

Linda Ronstadt – I Love You For Sentimental Reasons (Cena em que os pais das gêmeas dançam juntos)

Ray Charles and Betty Carter – Ev’ry Time We Say Goodbye

Natalie Cole – This Will Be (Música do final)

lindsay-lohan-parent-trap

Publicado em Cinema

Meninas Malvadas

meninas-malvadas

Título Original: Mean Girls

Direção: Mark Waters

Ano: 2003

Categoria: Adolescente

Cady Heron (Lindsay Lohan – Sexta-Feira Muito Louca) morava na África e sempre foi educada em casa. Agora com 16 anos seus pais se mudam para os Estados Unidos e ela, pela primeira vez, vai estudar em uma escola pública. Seu primeiro dia é um fiasco como seria com qualquer adolescente em uma escola nova, que já possuem grupinhos formados. No segundo dia ela já se sai um pouco melhor e faz amizade com Janis Ian (Lizzie Caplan – Quatro Amigas e Um casamento) e Damian (Daniel Frazense – Doce Vingança). 

meangirls_janis-damian

Eles a apresentam para a elite escolar, chamada de “As Poderosas”, entrando em cena: Regina George (Rachel McAdams – Garota Veneno), Karen Smith (Amanda Seyfried – A Garota da Capa Vermelha) e Gretchen Wieners (Lacey Chabert – Ligeiramente Solteira).

mean-girls-halloween

A escolha do elenco foi perfeita! Rachel está fabulosa como a malvada “abelha rainha”; Amanda apesar de fazer a personagem mais burra e insignificante, sua atuação lhe rendeu vários contratos depois; Lacey também foi muito talentosa, já que sua personagem era a mais emotiva. E claro, não iria deixar de falar da personagem principal interpretada por Lindsay Lohan que eu já tinha virado fã desde

https://jovemedivertida.com/2014/12/19/operacao-cupido/

 

meninas-malvadas-gif

Mas continuando… Janis e Damian alertam Cady para não se aproximar das Poderosas, já que essas são muito malvadas e estragam com a vida das pessoas. Porém, no terceiro dia de aula, no refeitório, um dos garotos fazem uma piadinha sobre sexo com Cady no momento em que ela está passando pela mesa do trio, e Regina a defende. Desde então Cady começa a andar com elas (com o consentimento de Janis e Damian), achando que Regina fosse na verdade uma boa pessoa.

mean-girls-cafeteria-scene

Assim que Cady se interessa por um garoto, o Aaron Samuels (Jonathan Bennett – S.O.S. do Amor), Regina, por pura maldade, a “sabota” – sem nenhuma consideração por sua nova “amiga” – e é nesse momento que Cady se dá conta que Janis e Damian tinham razão quando a alertavam. Daí,  juntos iniciam um plano maquiavélico para derrubar As Poderosas tramando por debaixo dos panos!

regina-george-engordandoregina-sem-namorado

Cenas engraçadas é o que mais temos, mas além de todo esse mundo rosa, o filme nos passa uma lição boa, a que não precisamos ter a melhor roupa, melhor aparência ou melhor casa para termos amigos de verdade, e principalmente, não devemos nos deixar levar pela luxúria, pois nem tudo que reluz é ouro. O filme é impecável, possui muitas reviravoltas, onde primeiro temos a Regina por cima, depois por baixo, e depois por cima de novo. Tina Fey (Uma Noite Fora de Série) também está incrível, pois além de atuar, também foi roteirista; não conhecia seu trabalho, mas depois desse filme pude descobrir o seu potencial.

mean-gilrs-natal

Meninas Malvadas sem sombra de dúvida é o melhor filme de patricinhas! Mark Waters (também diretor de Sexta-Feira Muito Louca) retratou perfeitamente a vida de adolescentes no ensino médio. Se você ainda não assistiu a esse clássico da Paramount Pictures não sabe o que está perdendo!! Aproveitando o gancho, foi lançado Meninas Malvadas 2 em 2011, com outras personagens seguindo a mesma temática, mas infelizmente esse não chega nem aos pés do original.

TRILHA SONORA

trilha-sonora-filmes

Boomkat – Rip Her To schreads (Cena em que Cady chega na escola)

Katy Rose – Overdrive (Cena em que estão no quarto da Regina / música do Menu)

Missy Elliott – Pass That Dutch (Música em que “As Poderosas” surgem na tela)

Samantha Ronson – Built This Way (tema de Cady e Aaron)

Kelis – Milkshake (Cena em que chegam na casa da Regina)

Blondie – One Way or Another (Música que tocava sempre que Cady aprontava com a Regina)

Joe Budden Ft Busta Rhymes – Fire (Cena da festinha na casa da Cady)

Pink – God Is a Dj (Cena em que estão se arrumando para o baile)

N.O.R.E. – Put ‘em Up (Cena em que entram no baile)                                                                                                             

Orbital – Halcyon On and On (Cena em que Cady narra o fim de cada Poderosa)                                                                         

The Donnas – Dancing With Myself (Música que toca nos créditos)